Marco Pessoa

Research Scientist (Embrapa).

Genomics, plant genetic resources, and breeding.

contact: marco [at] marcopessoa.com

<< previous post

Criando minha rádio no iTunes - parte 2

Correndo o risco de já soar datado, feliz 2012!

Continuando o post do ano passado, vamos começar a montar as pastas inteligentes no iTunes que vão alimentar nossa rádio pessoal. Já deve ter dado tempo de vocês começarem a avaliar pelo menos algumas faixas como excelentes, ótimas, boas, ruins, ou muito ruins. Se ainda não fizeram isso, voltem ao post anterior. =)

O crédito dessa ideia é do Geof Morris, que conheci através de uma entrevista no The Setup. Simplesmente usei o método dele, gostei do resultado, e traduzi pro português. Caso queiram ler o texto onde ele explica o mesmo método e comenta outros fatores importantes nas listas, é só checar esse post.

Pra começar, criaremos 6 listas inteligentes (Para criar uma nova, clique em Arquivo > Nova Lista Inteligente):

  1. Discos 5 estrelas
  2. Discos 4 estrelas
  3. Alta rotatividade
  4. Adicionadas no últimos 3 meses
  5. Menos tocadas
  6. Pérolas perdidas

As duas primeiras listas são as mais simples. A única regra para as duas é Classificação do Álbum é cinco estrelas (no primeiro caso), e quatro estrelas (no segundo).

A lista 3, Alta rotatividade, contém as suas 250 faixas mais tocadas. A configuração dela está na imagem abaixo:

A lista 4 também é bem simples. As regras são Data de Adição nos últimos 3 meses, e Classificação não é zero estrela.

Menos tocadas:

E finalmente, pérolas perdidas. Suas faixas com 4 ou 5 estrelas que você não ouviu nos últimos 3 meses:

Essas seis listas vão alimentar sua Rádio Pessoal, em uma lista que eu chamo de Fonte para Rádio:

Que é finalmente filtrada para não tocar músicas que eu não quis ouvir em algum momento (ou seja, dei um skip, passei pra frente), nem algum estilo específico, ou mídias específicas, como podcasts. Essa lista eu chamo de Rádio Filtrada:

Dou um gelo nas faixas que não quis ouvir por 15 dias, e só entram na programação faixas com 3 ou mais estrelas. Já os estilos que vocês querem excluir ficam a critério de vocês. Finalmente, como acho que faixas com menos de 1 minuto de duração muito raramente se sustentam sozinhas fora do contexto de um disco, também as elimino com esse filtro.

Essa é a única lista que passo pro meu iPhone, e que acabo usando pra escutar no carro ou no trabalho. Em geral um shuffle nessa playlist acaba trazendo muita coisa boa pra ouvir, além de muita surpresa, como faixas que não escuto há bastante tempo. Finalmente, caso vocês tenham restrições de espaço devido a um número muito grande de faixas na Rádio Filtrada, vocês podem limitar o tamanho da lista em Gigabytes ou em número de arquivos. Por exemplo: tenho uma segunda lista filtrada para caber em um velho iPod nano de 1 Giga, com menos músicas.

É isso! Vocês já têm uma programação personalizada de rádio a partir dos seus arquivos no iTunes. Caso tenham alguma sugestão de como melhorar a alimentação das listas inteligentes, compartilhem nos comentários =)

blog comments powered by Disqus